domingo, 9 de novembro de 2008

Orgulho E Preconceito




NÃO!
Não!
Eu não sou tão romântica assim
para falar de outro filme romântico.
Entretanto,

Jane Austen e a Europa do Séc XVIII merecem bis!
Principalmente pela elegância e sagacidade daquela primeira e as mansões e castelos desta última.
Óbvio, o filme vale pelo roteiro... romance ao estilo Austen. Após 200 anos, Jane Austen ainda encanta com sua trilogia temática universal e atemporal: Amor, família e Romance.

Vale também pelo início campestre inebriante entoado pela calmante melodia ao piano.

E, no romance, de maneira espirituosa, Austen mostra de forma inteligente, sagaz e poética, que, mesmo em uma era de casamentos arranjados, o amor pode vencer.
Através de Lizzie e Darcy, os personagens românticos mais que amados da literatura inglesa, Jane fala de suas próprias experiências em família, pois ele mesma veio de uma família de 7 irmãos, e em socidade, uma vez que, Jane esteve naqueles casarões de paisagens imaculadas e castelos maravilhosos.

Lizzie e Darcy
são fisgados pelo amor instantaneamente... é impressionante a transparência no olhar... a disputa entre o "entregar-se à paixão" e o "orgulho e preconceito"... e, o mais belo de tudo o que já vi em filmes, é paralizante a expressão nos olhos dos dois amantes quando o amor vence. A vitória do bem sobre o mal, do amor sobre o preconceito.

Vale A Pena Ver este filme!
É um filme VAPV que faz parte do meu cinema.

Finalmente, ainda gostaria muito de compartilhar um sonho despertado pelo filme: voar pelos castelos europeus
visitados por Jane Austen. Veja as fotos e sonhe você também!...
Quam sabe a gente se encontra por lá?!

2 comentários:

De nascimento, Silva. disse...

AAAAAAAAAAAAAAAh!
Eu não tinha vontade de ver esse filme, mas agora eu quero muuuito.
eauhoeauih
seério, mó vontade de ver *-*

teencontrodepoisdachuva.wordpress.com

dalailam disse...

Esse filme é muito legal mas,comentado por você dá vontade de revê-lo.Você é a prova de que podemos selecionar o que vemos.